30.11.12

SBT VAI CONTRATAR A MENINA DA PEGADINHA DO "FANTASMA DO ELEVADOR" E AINDA SERÁ ENTREVISTADA PELO PRÓPRIO SILVIO SANTOS NO PROGRAMA DO PRÓXIMO DOMINGO


Sugestão do próprio Silvio Santos, a pegadinha da menina fantasma no elevador, que virou hit na internet, vai ganhar frutos no SBT.
Folha apurou com a produção do “Programa Silvio Santos” que a emissora pretende capitalizar com o vídeo, que já ultrapassou 3,5 milhões de visualizações no YouTube e tornou a jovem Lívia Padilha, de 11 anos, a mais nova estrela do SBT.
A menina, que aparece de surpresa no elevador, como uma fantasma, aterrorizando as pessoas, é a mais nova contratada do canal e será entrevistada por Silvio Santos no programa de domingo.
Lívia, que era freelancer, vai até participar da vinheta de final de ano da emissora.
Ela explicará como foi gravar a pegadinha, que já ganhou legendas em inglês, japonês e espanhol na internet.
Produtores contaram que nem o próprio SS, que deu a ideia para a brincadeira, imaginava que a “fantasminha” fosse gerar tanta repercussão. 
Outras pegadinhas assustadoras já foram encomendadas na emissora.
As vítimas da brincadeira são figurantes, que foram chamados no SBT com a justificativa de participar de uma seleção. Depois do susto, eles receberam cachês de até R$ 300, por isso a suspeita de que tudo não passou de armação. A emissora não comenta o assunto.
Outro rumor que circula nos bastidores da emissora de silvio santos  é que a menina lívia será a mais nova atriz a integrar o elenco de carrossel.
O SBT não confirma, mas também não desmente o caso, só nos resta aguardar.

Fonte: Portal do estado de São Paulo e Diário de Pernambuco

OUTRO PM ASSASSINADO EM PE


efdc7cb76b858a4679aef800f4839ca7.jpgMais um policial militar reformado foi morto, na manhã desta sexta-feira (30), depois de tentativa de assalto à loja BSW, especializada na venda de roupas surfe, que fica na Avenida Afonso Olindense, no bairro da Várzea, Zona Oeste do Recife.

De acordo com informações de testemunhas, o PM, identificado como Nivaldo José de Souza, de aproximadamente 50 anos, trabalhava na loja como vigilante. A vítima teria sido baleada ao reagir à investida de três homens.
Segundo as primeiras investigações, Nivaldo estava do outro lado da rua quando percebeu que três homens entraram na loja e anunciaram o assalto. Ele foi até o local para evitar o assalto e acabou levando um tiro na cabeça.
Testemunhas afirmaram ao JC que os criminosos fugiram a pé, sem levar nada, e pegaram um táxi, que foi interceptado na fuga. Um suspeito foi preso. São feitas diligências para procurar os outros assaltantes.
Fonte: ne10.com

TENENTE DA PM MATA SOLDADO


argento PM é morto por tenente depois de matar bandidos em SG

Dois anos após ser homenageado com moção de aplausos pelos bons serviços prestados como policial militar, o terceiro sargento do 12ºBPM (Niterói), Hélder Evânio Costa Damasceno de Carvalho, 34 anos, teve a carreira de 12 anos encerrada por uma tragédia, após um gesto de heroísmo: ele foi morto, por engano, por um colega de farda, após evitar um assalto a van na noite de terça-feira, em São Gonçalo.
Após matar dois homens que assaltavam passageiros de uma van, na rodovia Amaral Peixoto (RJ-104), na altura do bairro Capote, Hélder, que estava à paisana, foi confundido como um dos assaltantes e morto pelo tenente Diego Costa Macedo, do 35º BPM (Itaboraí) que passava numa patrulha. Um dos criminosos e o sargento morreram no local. O outro assaltante morreu no Pronto Socorro de São Gonçalo.

Fonte: Blog do cabo fernando

GREVE DA PM DO MARANHÃO

Agentes da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros se reúnem neste sábado (26), com a governadora Roseana Sarney, para decidir sobre a greve da categoria, que começou na quinta-feira (24).

Na sexta-feira (25), eles se reuniram com uma comissão de deputados mas nada ficou decidido. eles continuam acampados dentro da Assembleia Legislativa, mesmo com o fato de o Tribunal de Justiça ter considerado a paralisação ilegal. O órgão informou que os sindicatos das categorias serão multados em R$ 200 por cada policial que aderir à greve.

Se a greve não for encerrada neste sábado, a Polícia Civil também poderá aderir ao movimento. Uma assembleia foi agendada pelos representantes grevistas para a próxima segunda-feira (28). 

Os PMs querem aumento salarial de 30%, que é referente às perdas dos últimos três anos, segundo eles. Entre outros itens na lista de reivindicações estão: modificações de critérios de promoção e reorganização do quadro de oficiais, implementação de jornada de trabalho de 44 horas semanais e eleição do Comandante Geral da Polícia Militar.

Fonte: Blog do Capitão assumção

29.11.12

LEITOR DO BLOG FAZ GRAVES DENUNCIAS A RESPEITO DA SITUAÇÃO NA PENITENCIÁRIA BARRETO CAMPELO EM ITAMARACÁ-PE


Tudo isso acontece porque na barreto quém manda é os presos, tem um preso com o nome de Seu nego que mora no pavilhão A que faz o que quer lá dentro ele que comanda o prisidio o outro é Frede outro preso que faz o que quer lá dentro, outra coisa frango é homem porque no prisidio tem casa das dindas um lugar especial pra frango por favor isso é uma vergonha. 


EDITORIAL:

Esse texto acima foi colocado na mesma forma que foi postado.
E será encaminhado a ouvidoria do sistema penitenciário para medidas administrativas ou judiciais, dependendo da veracidade e da real situação. 

A denuncia foi postada na matéria "Rebelião na Barreto Campelo"

Grato ao leitor

É ISSO QUE OS GRINGOS CONHECEM DO BRASIL...

GENTE SEI QUE MUITA GENTE JÁ VIU,, MAS PRA QUEM NÃO VIU, VALE A PENA CURTIR ESSA PEGADINHA

A CRIAÇÃO DE UM BANCO DE PERMUTAS PARA OS P.C. DE PERNAMBUCO ACIRRA AINDA MAIS A BRIGA ENTRE ENTIDADES QUE REPRESENTAM OS POLICIAIS CIVIS DO ESTADO


Iniciativa foi proposta pela delegada titular da UNICADE, Margareth de Carvalho Sá.

Em mais de 20 anos de existência, o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco nunca impetrou um Mandado de Segurança em face de transferência arbitrária.

Enquanto isso, em somente 2 anos de atuação, o MIPC/PE já contou com mais de 20 liminares a favor de seus associados.

O projeto para a criação de um Banco de Permutas para a polícia civil de Pernambuco, elaborado e proposto pela delegada titular da Unidade de Capacitação e Desenvolvimento da Polícia Civil de Pernambuco (UNICADE), Margareth de Carvalho Sá, será lançado em dezembro. Hoje, a distância entre o trabalho e a residência é um dos grandes problemas enfrentados pelos servidores policiais, já que muitas vezes pode acarretar problemas de saúde, a exemplo da depressão.

Nesse sentido, a Associação Movimento Independente dos Policiais Civis de Pernambuco (MIPC/PE) parabeniza o excelente trabalho da policial civil em prol da categoria. O MIPC/PE aproveita para fazer uma ressalva: para que o banco de transferências seja REALMENTE EFICAZ, é importante que ele seja amparado por uma legislação que crie parâmetros para que, em caso de permuta entre servidores, ambos concordando, a Administração Pública tenha seu ato vinculado no sentido de realizar a transferência. Caso contrário, as arbitrariedades continuarão e o projeto poderá ser frustrado logo no início da sua execução.

Goiás - A Polícia Civil de Goiás já utiliza o Banco de Permutas da seguinte maneira: o Policial Civil interessado em permutar da sua sede de exercício deve cadastrar-se no site, indicando seu número de telefone e endereço eletrônico, tempo em que se encontra na sede de exercício e o local pretendido. A solicitação da permuta permanece no Banco de Permutas por 90 dias. Encerrado o prazo, o interessado deverá preencher uma nova proposta de permuta.

Santa Catarina – Já a Polícia Civil de Santa Catarina adotou um modelo parecido com o da Polícia Federal. Nele, a mobilização dos policiais civis é realizada de maneira igualitária, mesmo para os policiais que estão há mais tempo na ativa.

O que o Sindicato NÃO TEM FEITO:
O presidente do MIPC/PE, Diego Soares, manifesta a sua indignação sobre a tardia manifestação do Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco, que sempre se omitiu em relação à transferência arbitrária da categoria no estado. “É lamentável que “pseudo-pais” do projeto se apresentem após a aprovação do mesmo, em uma tentativa desesperada de mostrar algo para a categoria. Isso demonstra, mais uma vez, que esses falsos representantes procuram a todo o custo iludir os policiais civis de Pernambuco. Não entendemos como, em mais de 20 anos de existência, a entidade que afirma ser sindical nunca impetrou um Mandado de Segurança em face de transferência arbitrária, enquanto somente em dois anos de atuação, o MIPC/PE já contou com mais de 20 liminares a favor dos nossos associados”, aponta.

Fonte: atenção policial

ESSA É PRA DIVULGAR EXAUSTIVAMENTE: PM DE SERGIPE PUNE 12 PMs POR DOAREM SANGUE DURANTE O PRÉ-CAJU

Foto meramente ilustrativa

O Comando da Policia Militar já começou a punir os militares que participaram da doação de sangue convocada pelas Associações Militares Unidas para boicotar o esquema de segurança do Pré-Caju 2012, em janeiro deste ano. À época, em protesto contra a falta de definição de uma carga horária para as corporações, cerca de 400 policiais militares e bombeiros doaram sangue em dois hemocentros da capital e apresentaram atestados para justificar as faltas ao trabalho. Anteontem, o comando publicou, em seu Boletim Geral Ostensivo (BGO), uma lista com doze que vão cumprir quatro dias de "impedimento", isto é, uma prisão administrativa na qual os militares ficam detidos em suas companhias.  
A medida deverá ser cumprida após um prazo de sete dias para que os militares punidos apresentem um pedido de reconsideração ao Comando, mas os advogados de uma das associações estudam uma medida jurídica para evitar a punição aos militares. A hipótese mais provável é a de impetração de um mandado de segurança no Tribunal de Justiça. Esta foi a primeira punição administrativa aplicada pela Polícia Militar em relação ao boicote do Pré-Caju. Em setembro deste ano, oito praças do Corpo de Bombeiros foram submetidos a 24 horas de prisão domiciliar, depois de responderem a um processo administrativo aberto pela corporação para apurar a participação deles nas doações de sangue.
As entidades de classe dos militares contestam as punições do comando, considerando-as injustas. Para o presidente da Associação dos Militares de Sergipe, sargento Edgar Menezes, o governo do estado e o Comando da PM estão "violando os direitos humanos dos policiais", em nome de uma festa privada. "É toda uma situação injusta. O pensamento [do governo] é o seguinte: se aproxima uma festa privada de grande porte, onde vários interesses econômicos e financeiros estão encíclicos, e é preciso assustar os militares. Não consigo enxergar de outra maneira. É como se dissessem: 'Olhe, está chegando o próximo Pré-Caju. Não faltem, pois se faltar, é isso que acontece'. Isso é lamentável demais", protesta Edgard.
O representante nega que as doações de sangue tenham sido realizadas pelos militares para faltar ao esquema de segurança da prévia carnavalesca. E cita um Termo de Ajustamento de Conduta assinado no Ministério Público Estadual dias antes do evento, quando a promotora Euza Missano discutiu o caso com a Amese e o então comandante de Policiamento da Capital, coronel Enilson Aragão, que representou o Comando da PM. "Lá, ficou definido que só iriam trabalhar os militares do serviço ordinário e os que fossem voluntários, ou seja, os que quisessem trabalhar. Os que não foram voluntários se reuniram e decidiram fazer um ato de solidariedade, contribuir com a população em seu horário de folga. Não foi para faltar o Pré-Caju", disse o sargento.
Para Edgard, o Comando "inverteu os fatos" ao escalar os policiais não-voluntários para trabalhar no Pré-Caju e, após o evento, abrir processos administrativos e judiciais contra os que faltaram ao esquema de policiamento. "Estamos sem efetivo e é preciso garantir a segurança do povo sergipano, o que é obrigação nossa. Perfeito. Mas não é nossa obrigação trabalhar em uma festa privada. Nossa obrigação é dar segurança nos arredores. Mas infelizmente, a cultura do nosso estado é a Polícia Militar trabalhar para outras pessoas ganharem dinheiro. Essa festa deve trazer muitos dividendos para muitas pessoas neste estado, a ponto de escravizar seres humanos em nome de uma festa onde nada é de graça", criticou, acrescentando que a abertura dos processos foi "para dar uma resposta aos organizadores do evento" - em referência ao empresário Fabiano Oliveira.

Motim - Os militares que faltaram ao esquema do Pré-Caju também respondem a um processo aberto na Auditoria Militar do Tribunal de Justiça (6ª Vara Criminal de Aracaju), no qual foram acusados pelo crime de motim - previsto no Código Penal Militar. O julgamento deste processo ainda não aconteceu, mas os réus podem até ser expulsos da corporação e cumprirem até seis anos de prisão, caso sejam condenados. O Comando da Polícia Militar não se manifestou oficialmente sobre o assunto.

Fonte: www.ameseluta.blogspot.com

28.11.12

Rebelião na Barreto Campelo

Tumulto na Barreto Campelo deixa um detento mortoPublicado em 28/11/2012, às 16h22Do JC OnlineAgentes controlaram tumulto na Barreto CampeloAgentes controlaram tumulto na Barreto CampeloFoto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Tumulto ocorrido no Pavilhão C da Penitenciária Barreto Campelo, em Itamaracá, no Grande Recife, deixou um detento morto na manhã desta quarta-feira (28). O presidiário Gleidson Cristiano Santos da Silva, de 26 anos, foi assassinado com golpes de faca artesanal na cabeça, nos braços e nas pernas. Segundo testemunhas, um grupo de presidiários premeditou o crime, que aconteceu durante o horário de visitas. A vítima estava jurada de morte porque era conhecida por roubar familiares de outros detentos dentro da unidade. O Batalhão de Choque foi chamado, mas não precisou atuar. Os próprios agentes contornaram a situação.
Leia também:Batalhão de Choque é chamado para conter início de rebelião na Barreto Campelo

Testemunhas disseram que o fato ocorreu por volta das 10h. Logo que entraram, os familiares foram alertados que alguma coisa iria ocorrer dentro da unidade. "Meu esposo chegou e disse que eu ia ter que sair cedo pois o presídio iria virar de cabeça para baixo. Quando me preparava para sair, um outro preso encostou e pediu uma foice. Não deu tempo, mataram o preso com os familiares ainda dentro do presídio", contou a mulher de um preso, que com medo de represálias preferiu não se identificar.

A mesma testemunha acrescentou que esse tipo de confusão é comum na Barreto Campelo e que nada é feito para resolver o problema. "Há cerca de 15 dias, um outro preso foi esfaqueado aqui dentro da unidade. É uma terra de ninguém, pois são os chaveiros que mandam no presídio e não a direção", explicou. 

O agente penitenciário Hélder Feliciano relatou que os presos ainda tentaram queimar o corpo, mas foram impedidos. "Os detentos tocaram fogo em alguns colchões na entrada do pavilhão para jogar o corpo de Gleidson dentro da fogueira. Antes disso, conseguimos controlar as chamas", disse. Peritos do Instituto de Medicina Legal (IML) já estiveram na penitenciária e removeram o cadáver para a sede do órgão, no bairro de Santo Amaro.

Gleidson estava preso em Itamaracá desde fevereiro de 2011 pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico. A direção da penitenciária ainda não identificou o grupo responsável pelo crime.

DEPOIS DO PM MORTO DENTRO DO ONIBUS, UM OUTRO POLICIAL TAMBÉM É ALVEJADO E MORTO

MARCÍLIO ALBUQUERQUE, com informações de EDWARD PENA - da Folha de Pernambuco 


Maurício Ferry

CARLOS foi executado dentro de seu carro na BR-101

Um comissário da Policia Civil aposentado foi assassinado, no final da tarde desta terça-feira (27), no bairro da Charneca, Cabo de Santo Agostinho, na Região Metropolitana do Recife. Carlos Manoel de Sá, de 65 anos, foi alvejado enquanto trafegava na BR-101 Sul, vindo a óbito de imediato dentro do próprio veículo, um Fiat Uno, de placas KGX 0491. Informações colhidas no local revelaram que um homem em um Corolla emparelhou com o veiculo da vítima e disparou.

De acordo com a polícia, equipes do Grupo de Apoio Tático Itinerante (GATI) do 18º Batalhão da Polícia Militar (BPM) receberam a informação de que se tratava de uma tentativa de homicídio, mas ao chegar ao local já encontraram o homem sem vida. Carlos Manoel estava atuando como advogado, há cerca de três anos, e já havia trabalhado na delegacia do município. 

ESSA FOI A INAUGURAÇÃO DO SHOPPING RIOMAR,EM RECIFE, QUE NINGUÉM MOSTROU



Pessoas com os pés presos na escada rolante e clientes sendo jogados pra cima de outras pessoas.
O que era pra ser um dia de festa e lucros para os lojistas, para alguns clientes foi dia de pânico ao escapar de uma possível tragédia.
Talvez a ânsia de inaugurar um lindo e amplo centro de compras deixou desleixado alguns setores críticos do shopping.
Parabéns ao internauta que postou o vídeo.

Fonte: youtube.com


SECA NO NORDESTE: É ASSIM QUE FUNCIONA



Fonte: charges.com

BRITÂNICOS TESTAM CONHECIMENTO DE ALUNOS DE 40 NAÇÕES E O BRASIL FICOU EM 39º LUGAR, SÓ FICOU NA FRENTE DA DESASTROSA EDUCAÇÃO DA INDONESIA

O Brasil ficou em penúltimo lugar em um ranking global de educação que comparou 40 países levando em conta notas de testes e qualidade de professores, dentre outros fatores.

A pesquisa foi encomendada à consultoria britânica Economist Intelligence Unit (EIU), pela Pearson, empresa que fabrica sistemas de aprendizado e vende seus produtos a vários países.

Os 40 países foram divididos em cinco grandes grupos de acordo com os resultados. Ao lado do Brasil, mais seis nações foram incluídas na lista dos piores sistemas de educação do mundo: Turquia, Argentina, Colômbia, Tailândia, México e Indonésia, país do sudeste asiático que figura na última posição.

Os resultados foram compilados a partir de notas de testes efetuados por estudantes desses países entre 2006 e 2010. Além disso, critérios como a quantidade de alunos que ingressam na universidade também foram empregados.

Para Michael Barber, consultor-chefe da Pearson, as nações que figuram no topo da lista valorizam seus professores e colocam em prática uma cultura de boa educação.

Ele diz que no passado muitos países temiam os rankings internacionais de comparação e que alguns líderes se preocupavam mais com o impacto negativo das pesquisas na mídia, deixando de lado a oportunidade de introduzir novas políticas a partir dos resultados.

Dez anos atrás, no entanto, quando pesquisas do tipo começaram a ser divulgadas sistematicamente, esta cultura mudou, avalia Barber.

"A Alemanha, por exemplo, se viu muito mais abaixo nos primeiros rankings Pisa [sistema de avaliação europeu] do que esperava. O resultado foi um profundo debate nacional sobre o sistema educacional, sérias análises das falhas e aí políticas novas em resposta aos desafios que foram identificados. Uma década depois, o progresso da Alemanha rumo ao topo dos rankings é visível para todos".

No ranking da EIU-Person, por exemplo, os alemães figuram em 15º lugar. Em comparação, a Grã-Bretanha fica em 6º, seguida da Holanda, Nova Zelândia, Suíça, Canadá, Irlanda, Dinamarca, Austrália e Polônia.
Cultura e impactos econômicos

Tidas como "super potências" da educação, a Finlândia e a Coreia do Sul dominam o ranking, e na sequência figura uma lista de destaques asiáticos, como Hong Kong, Japão e Cingapura.

Alemanha, Estados Unidos e França estão em grupo intermediário, e Brasil, México e Indonésia integram os mais baixos.

O ranking é baseado em testes efetuados em áreas como matemática, ciências e habilidades linguísticas a cada três ou quatro anos, e por isso apresentam um cenário com um atraso estatístico frente à realidade atual.

Mas o objetivo é fornecer uma visão multidimensional do desempenho escolar nessas nações, e criar um banco de dados que a Pearson chama de "Curva do Aprendizado".

Ao analisar os sistemas educacionais bem-sucedidos, o estudo concluiu que investimentos são importantes, mas não tanto quanto manter uma verdadeira "cultura" nacional de aprendizado, que valoriza professores, escolas e a educação como um todo.

Daí o alto desempenho das nações asiáticas no ranking.

Nesses países o estudo tem um distinto grau de importância na sociedade e as expectativas que os pais têm dos filhos são muito altas.

Comparando a Finlândia e a Coreia do Sul, por exemplo, vê-se enormes diferenças entre os dois países, mas um "valor moral" concedido à educação muito parecido.

O relatório destaca ainda a importância de empregar professores de alta qualidade, a necessidade de encontrar maneiras de recrutá-los e o pagamento de bons salários.

Há ainda menções às consequências econômicas diretas dos sistemas educacionais de alto e baixo desempenho, sobretudo em uma economia globalizada baseada em habilidades profissionais.


Fonte: ne10.com

PREFEITURA IMPLANTARÁ 10 ESTAÇÕES DE EMPRÉSTIMOS DE BICICLETAS


ba7a58a695a9c297b6a79e8583766f05.jpg

Conhecido como ?bike share?, esse sistema de compartilhamento de bicicletas já é utilizado nas cidades do Rio de Janeiro (RJ) com o projeto RioBike
Foto: Divulgação

Do NE10
Um convênio será assinado pela Prefeitura do Recife e pelo Porto Digital para implantação de 10 estações de empréstimos de bicicletas, nos bairros do Recife, Santo Amaro e Santo Antônio. O documento, assinado nesta quarta-feira (28), tem o objetivo de permitir que as pessoas possam se deslocar dentro desses bairros, a partir de uma solução tecnológica sustentável - o bicicletário - que é um dos módulos do projeto Mobilidade Urbana do Porto Digital, o "Porto Leve". O ato acontece às 11h, na Sala de Reuniões do Gabinete do Prefeito, no 9º andar do edifício-sede da Prefeitura do Recife. 
 
Conhecido como “bike share”, esse sistema de compartilhamento de bicicletas já é utilizado nas cidades do Rio de Janeiro (RJ) e São Paulo, com os projetos RioBike e Bike Sampa. Serão investidos R$ 1,6 milhão no Recife para a implantação do bicicletário, em dez locais estratégicos, com dez bicicletas cada um. Cada uma das bicicletas terá um mecanismo inteligente de autoatendimento, travadas por um sistema elétrico, que só será liberado pelo celular. 

Para utilizar o serviço, o ciclista deverá se cadastrar através de um portal da internet, pagando R$ 10 mensais. O tempo máximo de utilização da bicicleta é de 30 minutos, devendo o usuário retirá-la numa estação e devolvê-la na estação mais próxima do seu destino. A expectativa é que o projeto alcance uma média de 2 mil usuários em dois anos.
Fonte: ne10.com

Editorial:
Vocês notaram que a prefeitura chama de estações de "empréstimos" de bicicletas.
Mas, como a prefeitura pode estar emprestando uma bike, se  você está pagando pelo serviço?
Acho que no apagar das luzes, João da Costa tá afim de fazer bonito pro povão ( e pra elite) isso sim.

DUPLO HOMICÍO DENTRO DE ÔNIBUS NA REGIÃO METROPOLITANA DO RECIFE. UMA DAS VÍTIMAS ERA PM


f23dcc0b71298ffd4db3d80ef1a0ab5e.jpgUm policial militar e um estofador foram assassinados por volta das 19h30 desta terça-feira (27), dentro de um ônibus na BR-101, em Cruz de Rebouças, município de Igarassu, na Região Metropolitana do Recife (RMR).

De acordo com o delegado da Força-Tarefa, Joaquim Braga, imagens da câmera de segurança do ônibus mostram que o PM, identificado como Elias Gonçalves Miranda, 46 anos, estava conversando com uma mulher quando o responsável pelas mortes subiu no coletivo. O suspeito teria aproveitado um descuido do policial, roubado a sua arma e efetuado dois disparos. Célio Bueno de Melo, 35 anos, teria se assustado com os tiros, tentado fugir e também foi baleado.
As duas vítimas morreram no local. Célio Bueno estava voltando do trabalho e o policial militar estava na cidade fazendo um curso para formação de cabos. O responsável pelo crime conseguiu fugir com a arma do policial.
Fonte: ne10.com

GOVERNO DO ACRE EQUIPARA GRATIFICAÇÃO DE RISCO DE VIDA DOS AGENTES E DELEGADOS


Enquanto isso, em Pernambuco, agentes de polícia recebem 100% de Gratificação
 do Risco de Vida e os delegados, 225%.

26.11.2012

A partir de janeiro de 2013, os agentes de polícia do Acre receberão 
um aumento na gratificação por risco de vida. Isso porque o governador
 do Estado, Tião Viana, autorizou a isonomia do benefício para agentes
 de polícia com o de delegado. Atualmente, a gratificação de risco de vida
 paga aos agentes de polícia é de R$ 345 e para delegados é de R$ 805.

Tião Viana acredita que equiparar a gratificação concedida aos
 servidores da Polícia Civil é mais do que justa, pois, segundo 
ele, o valor da vida é o mesmo, independentemente da função que o 
policial exerce. A decisão integra uma série de ações de valorização
 dos servidores estaduais e do reaparelhamento das forças de segurança
. Inclui, ainda, a realização de concurso público para a contratação de 220
 agentes e de 30 escrivães de polícia.

Em Pernambuco - Equiparar a gratificação do risco de vida dos demais
 servidores policiais civis com a dos delegados de polícia é uma 
bandeira da Associação Movimento Independente dos Policiais Civis de
 Pernambuco (MIPC/PE). No Estado, agentes de polícia e profissionais com
 cargos correlatos recebem 100% de Gratificação do Risco de Vida e os 
delegados de polícia recebem 225%, uma diferença de 125%. Para Diego
 Almeida, presidente do MIPC/PE, existe uma discrepância entre os valores
, além de uma conotação escusa por parte do Governo da quantificação da vida
 de um servidor, somada à total omissão sindical. “O sindicato fomentou 
esta distorção através de um fadado acordo com o governo, propiciando a 
redução significativa de um subsídio almejado pelos servidores”, pontua. 

Fonte: Atenção policial

27.11.12

DETENTA DA COLONIA PENAL PASSA MAU E MORRE DENTRO DO PRESÍDEO

O fim de semana seria de comemoração para a detenta da Colônia Penal Feminina de Abreu e Lima, Fabíola Pereira da Silva, 31. Isto porque, mesmo convivendo encarcerada há quase um ano, no último sábado (24), Fabíola, que era mãe de dois adolescentes de 10 e 12 anos, completava mais um ano de vida. Com isso, a reeducanda teria motivos de sobra para estar feliz, pois no último domingo (25) seria dia de visita do marido e dos filhos, regada a kit festa para comemorar a data.
No entanto, naquele dia, os filhos foram impedidos de entrar na unidade por falta de ordem judicial, pondo fim parcialmente às comemorações. Porém, horas depois, já por volta das 3h desta segunda-feira (26), um outro ocorrido impediu definitivamente que a comemoração com os filhos e marido fosse realizada pelos próximos anos. Fabíola faleceu dentro da cela após passar mal durante a madrugada desta segunda-feira (26).
“Por volta das 3h de hoje (segunda-feira, 26) uma detenta da mesma cela dela me ligou informando que a minha irmã tinha falecido. Ela contou que Fabíola ficou de 1h30 até as 3h da manhã se queixando de fortes dores, procurou a enfermaria, mas não deram nada a ela. Quando foi às 3h ela não aguentou as dores, desmaiou até vir a falecer”, relatou Flávio Roberto Pereira Azevedo, 33, irmão da vítima. Na segunda-feira (26), enquanto esperava a liberação do corpo da irmã na sede do Instituto de Medicina Legal (IML), em Santo Amaro, Recife, e o laudo apontando a causa morte, Flávio explicou que há alguns dias Fabíola, que cumpria pena em regime fechado pelo envolvimento com o tráfico de drogas, já havia se queixado das dores. Entretanto, na unidade prisional nada foi feito para evitar um problema eminente. Logo, a morte da parente, para ele, se deu por negligência da administração da unidade prisional.
“Há quatro dias ela disse que estava com dor de cabeça e de dente. Disse que ia na enfermaria, mas só davam paracetamol e dipirona. Não chegaram a levá-la para um hospital para analisar mais detalhadamente. E o pior é que na unidade eles têm uma ambulância para conduzir as presas”, disse Flávio que, se não bastasse com o ocorrido, ficou admirado com a falta de informação quanto ao falecimento da irmã. “Foi uma detenta que me comunicou. Fui ao presídio e procurei saber logo da minha irmã. Um agente penitenciário informou que ela tinha falecido, mas não disse a causa. Além disso, nem nos ligaram para falar do acontecido”, criticou. Agora, diante da situação, o familiar só espera uma coisa. “Espero que as autoridades dêem os cuidados devidos à internas para que isso não venha a ocorrer com outra detenta. Se tivessem levado ela ao hospital talvez não tivesse ocorrido isso”, desabafou o parente.
Em nota, a Secretaria de Ressocialização (Seres), órgão responsável pela administração da unidade, esclareceu os fatos. De acordo com o documento emitido à Imprensa, o órgão informou que “a reeducanda participou normalmente de atividades recreativas durante o final de semana. Por volta das 2h30 da madrugada da segunda-feira (26), a equipe de plantão da unidade prisional foi informada que ela estava passando mal na cela. Quando chegaram ao local, a detenta encontrava-se morta, sem que houvesse tempo de atendimento”. A diretoria informou ainda que não houve negligência, pois todos os procedimentos foram realizados. A causa morte constatada no óbito de Fabíola, segundo documento emitido pelo IML, foi um aneurisma cerebral. O enterro da mulher ocorrerá nesta terça-feira (27), às 16h, no Cemitério de Santo Amaro, área Central do Recife.
Fonte: Folha de Pernambuco

JOAQUIM BARBOSA, PRESIDENTE DO SUPREMO, AFIRMA: "NÃO HÁ NECESSIDADE DA EXISTÊNCIA DAS JUSTIÇAS MILITARES"


Em sua primeira sessão no comando do CNJ (Conselho Nacional de Justiça), o presidente do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa defendeu nesta terça-feira uma "reflexão" sobre a "existência" da Justiça Militar nos Estados.
Barbosa disse que vai criar uma comissão ou pedir que o departamento de pesquisas do conselho elabore um estudo sobre a viabilidade da Justiça Militar nos Estados. A sugestão foi lançada durante debate no CNJ sobre o procedimento administrativo que questiona a conduta de magistrados do Tribunal de Justiça Militar de Minas Gerias que teriam deixado prescrever processos.
Os números impressionaram o ministro. "É uma justiça que poderia muito bem ser absolvida pela justiça comum porque não há qualquer necessidade de sua existência", disse Barbosa. E completou: "Pelo visto necessitamos de uma análise de conjunto para verificar a necessidade de sua existência".
A criação do TJM (Tribunal de Justiça Militar) é uma prerrogativa dos dos Tribunais de Justiça Estaduais, prevista na Costituição, e possível apenas para Estados com efetivo militar superior a vinte mil integrantes.
Apenas Minas Gerais, São Paulo e Rio Grande do Sul têm TJMs.
No intervalo da sessão, o presidente do CNJ usou um tom mais ameno e disse que ainda é cedo para falar em extinção. "Só depois desse estudo preliminar é que talvez eu designe uma comissão para fazer propostas mais concretas. Tudo está muito preliminar", afirmou.
Barbosa deixou em aberto a necessidade de discutir a Justiça Federal Militar. "Eu não posso dizer nada antes de ter esses dados em concreto", afirmou.
Na sessão, diversos conselheiros criticaram a ação da justiça militar estadual. Segundo conselheiros, a justiça militar é autonomia dos Estados e, portanto, poderia apenas recomendas o fim às assembleias legislativas estaduais.
Lula Marques - 22.nov.2012/Folhapress
O ministro Joaquim Barbosa quando assumiu a presidência do STF
O ministro Joaquim Barbosa quando assumiu a presidência do Supremo Tribunal Federal

ESTREIA
Ao abrir sua primeira sessão no comando do CNJ, Barbosa evitou mandar recados, mas ouviu dos conselheiros que a expectativa é de que sua gestão seja "firme e serena" e atuante no fortalecimento da Justiça brasileira.
O corregedor Nacional de Justiça Francisco Falcão destacou que Barbosa tem as credenciais mais que necessárias para ocupar o posto. "Não tenho dúvidas da condução firme e serena que vai imprimir no CNJ. Vossa excelência conhece as virtudes que devem ser independência, cultura, preparo profissional, dedicação aos deveres do cargo, porque como visto as possui sumariamente", disse.
Falcão pediu a palavra no início da sessão para dar "boas vindas" a Barbosa, que tomou posse na semana passada na presidência do Supremo acumulando os dois cargos.
O ministro do TST (Tribunal Superior do Trabalho) Carlos Alberto Reis de Paula disse que a chegada de Barbosa representa "novos ares".
"Temos muita honra de sermos presididos por vossa excelência que não significa só novo modo de ser, mas sobretudo, vossa excelência quem desde 2003 no Supremo, revelou-se comprometido com Justiça e continuará com essa pegada respeitada e admirada por toda sociedade", afirmou o ministro do TST.
Barbosa substitui o ex-ministro Carlos Ayres Britto que se aposentou compulsoriamente ao completar 70 anos há duas semanas e teve uma passagem discreta pela órgão.
O presidente da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), Ophir Cavalcante, afirmou que o propósito dos dois no colegiado é de "fortalecer a Justiça brasileira".
Barbosa ouviu os três colegas, mas disse apenas que agradecia pela generosidade das palavras.

Fonte: Folha de são paulo

MILITARES VIAJAM HOJE PARA MAIS UMA MISSÃO DE PAZ

Os 41 militares recebem as últimas instruções antes do embarque nesta terça-feira na Base Aérea do Recife (Carolina Braga/DP/D.A.Press)Nesta terça-feira (27), o Comando Militar do Nordeste (CMNE) envia 41 militares do 1º Batalhão de Infantaria de Força de Paz (BRABAT 1/17) para o Haiti. A equipe parte ao meio dia da Base Aérea do Recife, do Hangar do 2º Esquadrão do 8º Grupo de Aviação.



Eles representam as Organizações Militares de Pernambuco, do 17º Contingente Brasileiro da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do Haiti. O 17º Contingente é composto por 891 militares comandados pelo coronel Rogério Franco Rozas.

Fonte: DPNET.COM

DEU NO G1.COM: MESMO SEM ESTAR DIRIGINDO, PM É INDICIADO POR MORTE DE MOTOQUEIRO


Três dos quatro envolvidos confessaram ter bebido 2 litros de uísque.
Conclusão do inquérito foi apresentada pela Polícia Civil, nesta segunda.

Do G1 PE
19 comentários
A polícia indiciou por homicídio doloso, na modalidade dolo eventual, o universitário de 26 anos que confessou estar dirigindo o carro que atropelou e matou um motociclista em um dos cruzamentos da Avenida Recife, na capital pernambucana, no último dia 15. O policial militar de 28 anos, que era dono do veículo, também foi indiciado pelo mesmo crime. "Eles ingeriram bebida alcóolica e avançaram o sinal vermelho, ou seja, assumiram o risco de produzir o resultado, que é a morte da vítima", explicou o delegado do Ipsep, Carlos Couto.
O caso foi elucidado após 15 depoimentos e acareações, durante sete dias de investigação. De acordo com o delegado, o policial militar, o estudante universitário e dois irmãos, cujas idades não foram informadas, saíram de uma festa no Cabanga Iate Clube, às 4h10. "Todos, menos o PM, confessaram que ingeriram bebida alcóolica. Eles disseram que tomaram dois litros de uísque no show", falou Carlos Couto.
Quem dirigia o veículo no início da viagem, segundo a polícia, era o policial militar. "Na altura do Largo da Paz, em Afogados, o PM avançou o sinal e quase provocou um acidente. Os irmãos disseram que não se sentiam mais seguros, desceram do carro e pegaram um ônibus. Só que eles viram que o PM entregou as chaves para o estudante universitário, que também tinha bebido", disse o delegado da seccional de Boa Viagem, Guilherme Mesquita.
De acordo com a polícia, o estudante continuou a viagem e, às 4h50, avançou o sinal vermelho e atingiu o motocilista. O carro estaria trafegando entre 80 a 100km/h, quando o limite máximo da via é de 40km/h. As imagens da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU) não foram suficientes para identificar quem descia do veículo, mas o jovem confirmou que estava ao volante na hora da batida. "Orientado pelo PM, o estudante resolveu fugir, subindo no mesmo ônibus que os irmãos tinham pego no Largo da Paz", explicou o delegado Carlos Couto.
Dois policiais militares estavam no local no momento do acidente, mas, segundo a polícia, eles não realizaram os procedimentos necessários e foram indiciados por prevaricação, que consiste em retardar ou deixar de praticar devidamente ato de ofício, ou praticá-lo contra disposição expressa em lei, para satisfazer interesse ou sentimento pessoal.
"Eles não procuraram saber quem estava dirigindo, não fizeram o teste do bafômetro e também foram negligentes quando um dos ocupantes do carro embarcou no ônibus, mesmo que pessoas estivessem alertando-os sobre a fuga. Um dos irmãos disse, em depoimento, que eles estavam encostados na viatura, assistindo o tumulto", falou Carlos Couto.
Delegado Carlos Couto (Foto: Luna Markman / G1)Três dos envolvidos disseram ter bebido 2 litros de
uísque, contou delegado (Foto: Luna Markman / G1)
O inquérito já foi remetido ao Ministério Público de Pernambuco. Uma cópia também será encaminhada à Secretaria de Defesa Social (SDS), que tomará providências administrativas em relação aos três policiais militares envolvidos no caso. O PM dono do veículo e o estudante universitário devem responder ao processo em liberdade. Na última sexta-feira (23), a Justiça concedeu liberdade provisória ao policial militar, que estava detido no Centro Dr. Juarez Vieira da Cunha (Creed).
Acidente
No último dia 15, o carro em que o policial militar estava colidiu com uma motocicleta em um dos cruzamentos da Avenida Recife, no bairro do Ibura. O veículo avançava o sinal vermelho quando atingiu a moto. O piloto, um jovem de 22 anos, chegou a ser encaminhado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, Zona Sul da cidade, mas não resistiu aos ferimentos.
O motorista do carro fugiu sem prestar socorro. Na ocasião, a Polícia Civil prendeu e autuou o PM em flagrante, levando em consideração a morte causada. Posteriormente, o soldado chegou a negar que estivesse dirigindo o veículo e afirmou estar dormindo no banco do carona, versão que foi posteriormente confirmada pela Justiça.
Fonte: g1.com/pe   em 27 de novembro de 2012

DELEGADO FLAGRADO RECEBENDO PROPINA É AFASTADO COM BASE NO ARTIGO 14.

Foi publicado no Diário Oficial dessa segunda-feira o afastamento das funções pelo artigo 14 da Lei 11.929/01 do delegado Carlos Gilberto Freire de Oliveira, 61 anos. Em portaria da Secretaria de Defesa Social, o titular da pasta resolve também dispensar o policial da chefia da 4ª Equipe de Plantão da Delegacia da Várzea, com efeito retroativo ao dia 17 de novembro. Carlos Gilberto foi preso no último dia 16 suspeito de cobrar R$ 700 de propina para liberar um caminhão que estava apreendido na delegacia. Considerando os fatos em apuração nos autos do processo administrativo disciplinar especial e  considerando o despacho da Corregedoria onde entendeu evidente a prática delituosa seguida da prisão em flagrante, o que denota incompatibilidade com a função policial, o  secretário resolveu afastar o policial.

ENTENDA O CASO:


Prisão foi feita depois que a Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) encontrou o delegado recebendo R$ 700 de um homem
A Justiça acatou, no final da tarde desta quarta-feira (21), o pedido de liberdade provisória do delegado Carlos Gilberto Freire de Oliveira, 61 anos, plantonista da delegacia da Várzea, preso em flagrante, na última sexta-feira (16), pelo crime de concussão, configurado pelo ato de exigir para si dinheiro ou vantagem em razão da função exercida.
A prisão foi feita pela própria Polícia Civil, depois que a Corregedoria Geral da Secretaria de Defesa Social (SDS) encontrou o delegado recebendo R$ 700 de um homem, como parte da quantia de R$ 1,5 mil, exigida para liberar um caminhão apreendido.
De acordo com o advogado José Pessoa Lins Júnior, responsável pela defesa do delegado, o pedido foi realizado no último sábado (16) e deferido pela juíza Ana Cristina Mota, mediante o pagamento de uma fiança no valor de R$ 8.086,00. “Vamos aguardar a formalização do inquérito e a devida avaliação do caso. No caso da existência de processo, ele deverá responder”, reconheceu.
Recentemente, a defesa havia declarado a inocência do suspeito, afirmando que nunca houve sequer um desvio de conduta ligado ao seu nome e que não haveria chance de tal postura ser abalada por dinheiro algum. Em sua decisão, a magistrada considerou a falta de antecedentes criminais e a existência de endereço fixo como fatores que abonam a pessoa do indiciado, além de caracterizar como pontos que tornam dispensável a decretação da prisão preventiva neste caso.
Carlos Gilberto continua internado, sem previsão de alta, no Pronto Socorro Cardiológico de Pernambuco (Procape), localizado no bairro de Santo Amaro, área central do Recife, onde desde o início se reservou ao direito de permanecer em silêncio e não respondeu às perguntas feitas pela delegada Andrea Veras, que preside o inquérito. Após receber alta, o delegado será encaminhado ao COTEL, segundo delegada .