31.3.11

Veja o momento exato em que o cadete da marinha tomba e note que seu companheiro de farda nem se move pra ajuda-lo



QUE TIPO DE MILITAR É ESSE?

AFINAL QUEM VAI DECRETAR A ILEGALIDADE DA GREVE DE JUIZES?

30 de Março de 2011


Para aumentar seus salários dos atuais R$ 22,9 mil para R$ 26,3 mil, juízes federais resolveram fazer uma paralisação de 24 horas no próximo dia 27 de abril. A decisão foi tomada pelos magistrados ligados à Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), que pedem um reajuste de 14,8% nos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) - teto do funcionalismo público -, ao qual estão vinculados. Além do aumento salarial, os juízes pedem direitos iguais aos do Ministério Público Federal e maior segurança para os juízes, que têm sido vítimas de atentados de organizações criminosas. Se as reivindicações do grupo não forem atendidas, uma nova consulta será feita e outra paralisação poderá ser agendada pelos juízes federais. "Nós discutimos esse pleito sem constrangimento. Nos sentimos legitimados porque ajudamos a criar o teto do funcionalismo, que acabou com supersalários que chegavam a R$ 80 mil", afirmou Gabriel Wedy, presidente da Ajufe, cobrando um apoio "mais incisivo" do presidente do STF, ministro Cezar Peluso. Segundo ele, esse pleito objetiva resgatar a dignidade do juiz. "O Poder Judiciário não pode estar abaixo do Ministério Público. Em nenhum outro lugar do mundo, isso acontece", reclama Wedy. Os juízes argumentam que o pagamento de seus salários não está cumprindo a Constituição - que determina atualização anual, de acordo com a inflação -, já que o último aumento que a categoria teve foi em 2009, de 8,8%. Pauta. As outras demandas do setor passam pela simetria dos magistrados com os procuradores federais, para que as duas categorias tenham os mesmos direitos e garantias. Os juízes também reivindicam a criação de uma polícia judiciária para fazer a segurança dos juízes nos prédios da Justiça Federal e nos presídios. A paralisação do dia 27 de abril significará o adiamento de audiências marcadas para a data e de sentenças que poderiam ser proferidas nesse dia. Somente serão analisados os pedidos de urgência - como de concessão de medicamentos e de leitos hospitalares, de prisão e de habeas corpus. Essa pode ser a primeira vez que os juízes cruzarão os braços. Em 1999, os magistrados ameaçaram fazer uma greve pelo mesmo motivo, mas a demanda foi atendida no primeiro dia da paralisação e o ato foi cancelado.

30.3.11

P.G.E. QUER A ILEGALIDADE DA GREVE DOS MÉDICOS LEGISTAS

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) ajuizou, na tarde desta terça-feira (29), uma Ação Ordinária de Obrigação de Fazer contra a Associação Pernambucana de Medicina e Odontologia Legal (Apemol). A ação pede a decretação da ilegalidade da greve, iniciada pela categoria no dia 11 de março, e a regularização da atividade desenvolvida no Instituto Médico Legal (IML) do Estado.

“Trata-se de um serviço público essencial. O seu uso como instrumento de pressão de uma categoria, em defesa de interesses corporativos, é ilegítimo, uma vez que a população é que é a principal prejudicada”, afirma o procurador geral do Estado, Thiago Norões.

29.3.11

ATENÇÃO PMs DE PERNAMBUCO

PRÓXIMA ASSEMBLEIA SERÁ DEFINITIVA. AGUARDE MAIORES INFORMAÇÕES NESTE BLOG.

27.3.11

Tragédia familiar em Candeias Jaboatão dos Guararapes - PE

Um padrasto assassinou o enteado na tarde de ontem no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes. O ex-presidiário Manoel Luiz do Nascimento, 41 anos, discutiu com o enteado José Carlos da Silva Júnior, de 23 anos, conhecido como Juninho por conta do relacionamento que mantinha com a mãe dele. Após uma briga, o padrasto, com uma faca peixeira, atingiu o jovem na nuca e nas costas, com quatro golpes. A vítima, que não teve como se defender, foi socorrida à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Barra de Jangada, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.
De acordo com o Delegado João Gaspar, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, DHPP, o suspeito estava em liberdade condicional há dois anos e meio e já tinha histórico de violência. “O padrasto estava embriagado e discutiu com o filho da companheira por um motivo banal. Ele é considerado uma pessoa bastante violenta e já cumpriu pena por homicídio, tráfico de drogas e outros delitos”, contou.
O corpo de José Carlos foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal, IML, em Santo Amaro. Manoel Luiz do Nascimento foi autuado em flagrante e levado para o Cotel, em Abreu e Lima.

PM de Pernambuco se envolve em briga e acaba acertando sem querer um administrador de empresas

Passa bem o administrador de empresas, Rafael de Albuquerque Barbosa, de 29 anos. Ele foi atingido no ombro direito por um disparo de uma pistola 380, por volta das 23h30 deste sábado, ao tentar proteger a namorada de quatro tiros disparados por um policial militar fora de serviço, dentro do bar Oitão, no bairro da Tamarineira, na Zona Norte do Recife. Tadeu Henrique Diniz Nogueira, de 27 anos, teria se envolvido numa briga dentro do estabelecimento e foi derrubado no chão, momento em que disparou quatro tiros a esmo, um deles atingindo o jovem. Ambos os envolvidos foram atendidos no Hospital da Restauração. No momento do incidente, muita gente estava no interior do local e houve muita correria e pânico, mas ninguém mais se feriu.
Rafael Barbosa se recupera bem, já em casa, e no início da manhã de hoje, prestou depoimento na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), na Imbiribeira, uma vez que o caso está sendo encarado como tentativa de homicídio, ainda que não seja constatada a intenção de matar. Tadeu Henrique, que faz parte do Batalhão de Choque, teve a arma apreendida e será conduzido ao Centro de Reeducação da Polícia, o Creed.
O registro do caso ficou a cargo da delegada Vilaneide Aguiar, da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que será repassado à 5ª Delegacia de Homicídio, responsável pela investigação.

ATOR OFENDE O ESTADO DO PIAUÍ NO FACEBOOK E SUA PEÇA É IMPEDIDA POR DEPUTADOS ESTADUAIS. VEJA A FAMIGERADA FRASE DIRETO DO FACEBOOK DO ARTISTA E O VÍDEO EM QUE ELE PEDE DESCULPAS

ATOR FAZ PIADA SOBRE PIAUÍ E TEM PEÇA CANCELADA PELA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Gustavo Abreu, do iG

"É o pior dia da minha vida", disse Marauê Carneiro aos colegas de elenco, enquanto os abraçava e se despedia da turma.

O ator antecipou seu retorno a São Paulo nesta sexta-feira (25) após o cancelamento da peça "Fica Frio", que também conta com Kayky Brito no elenco, pela Assembleia Legislativa do Piauí. O restante dos atores deixará a cidade ainda nesta sexta-feira (25).

Na quinta-feira (24), Marauê publicou em seu mural do Facebook a frase: “Estamos em Teresina do Piauí, se é q o mundo tem c..., o c... do mundo é aqui". O comentário se espalhou pela internet e causou descontentamento entre os piauienses.

O episódio rapidamente se tornou um dos assuntos mais comentados do Twitter: "Fora, Marauê", dizem muitos internautas. O resultado disso foi o cancelamento da apresentação pelo deputado estadual Fábio Novo, do PT.


Foto: Reprodução Facebook


"Foi uma infelicidade muito grande, não tem mais como pedir desculpas", contou ao iG Gente por telefone Germano Pereira, que interpretava Adamo em "Passione" e também está na peça. Segundo o ator, Marauê e todo elenco participaram de uma coletiva com a imprensa local no início da tarde, pedindo desculpas pelo ocorrido.

Germano acrescenta que a decisão de cancelar a apresentação foi equivocada. "Seria correto deixar o espetáculo acontecer. O público deveria decidir se iria assistir ou não", finalizou.

O diretor de teatro piauiense, Arimatan Martins, do Grupo Harém, critica a decisão da Assembléia: "Eles erraram tanto quanto o Marauê", disse ele. "O público quer assistir à peça. O cancelamento foi uma censura e é ruim para a cultura local", completou.

A frase de Marauê era uma brincadeira com um famoso verso do humorista Juca Chaves que diz: "Teresina, Teresina, capital do Piauí. Se o mundo tem um c..., o c... do mundo é aqui.". Depois da confusão, Marauê apagou o comentário de seu perfil no Facebook.

As apresentações da peça aconteceriam nesta sexta e sábado, 25 e 26, no Cine Teatro da Assembleia. "Chegamos na cidade na terça-feira e já vivemos coisas maravilhosas aqui. O povo é muito carinhoso e estávamos ansiosos para subir ao palco", lamentou Germano.

AGORA ASSISTA O ATOR SE EXPLICANDO (OUTENTANDO)

Fonte:www.youtube.com/cidadeverdevideos

26.3.11

Corrupção policial Recife

Dois policiais militares e um comissário da Polícia Civil (PC) foram detidos na última sexta (25), na rua Raimundo Diniz, no bairro do Ipsep, Recife. Eles tentavam recolher máquinas de jogos de azar de uma casa de jogos eletrônicos, mas não tinham permissão para desenvolver a atividade. Os nomes não foram revelados.

O trio não usava as fardas de suas respectivas corporações e estava acompanhado de outro homem, que se passou por policial, com a chegada dos agentes da Delegacia do Ipsep. O trio foi autuado por tentativa de roubo e formação de quadrilha. Enquanto o que tentou se passar por membro da SDS, também responderá pelo crime de usurpação da função pública. 
Os servidores foram levados para o Centro de Reeducação da Polícia Militar (Creed). Enquanto o outro acusado seguiu para o Centro de Triagem, em Abreu e Lima.  Com o grupo foi apreendido um automóvel Gol com a placa adulterada.

FOGO DESTRÓI PARTE DO PRÉDIO DA POLÍCIA CÍVIL DE PERNAMBUCO

O primeiro andar da Unidade de Serviços Gerais (Uniserg) da Polícia Civil, localizada na Avenida Mascarenhas de Morais, na Imbiribeira, foi destruído por um incêndio ocorrido na noite desta sexta-feira (25). Ainda não se sabe a causa do fogo, que deverá ser identificado por meio de perícia, mas no local havia diversos materiais de fácil combustão e inflamáveis, como papel, mobiliário, tintas, colchões e solventes. Ninguém ficou ferido.

De acordo com o gerente de Administração Geral da Polícia Civil, Benedito Anastácio de Oliveira, a unidade estava funcionando no local há cerca de cinco meses, depois de ter sido transferida do galpão da corporação, na Ilha Joana Bezerra, área central do Recife, que também foi danificado durante um incêndio, em setembro do ano passado. “Não sabemos como isso aconteceu, porque no primeiro andar não tem ar-condicionado e toda a eletricidade estava desligada na chave. É uma triste coincidência que precisa ser apurada”, destacou.

Para apagar as chamas, foram necessárias três viaturas do Corpo de Bombeiros. Uma das preocupações dos funcionários e dos bombeiros era que o fogo não se propagasse, porque vizinho ao prédio funciona uma empresa que trabalha com gás natural veicular. No imóvel, que possui dois andares, funcionam as divisões de suprimento e patrimônio, almoxarifado, manutenção e arquivo geral.
Fonte: ne10.uol.com.br

MAIS UMA VEZ UM PRINCÍPIO BÁSICO DA LEI É DESRESPEITADO POR UM OFICIAL





A CONSTITUIÇÃO BRASILEIRA É CLARA: Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei (artigo 5º, inciso II, da Constituição Federal).
Mas veja o que uma tenente da PM da cidade de Rio Claro fez:





O soldado da Polícia Militar José Sales, do 8º Batalhão em Rio Largo, recebeu voz de prisão por ter se recusado a assumir o volante de uma viatura. O episódio ocorreu na tarde desta sexta-feira. A ordem de prisão partiu da tenente Rejane Manuela e tem sustentação no código interno da tropa: a desobediência a uma determinação superior pode ser punida com detenção.

Segundo as informações apuradas pelo repórter da Gazeta Marcos Rodrigues, o soldado Sales alegou “um problema de visão” e também o fato de não ter documento que lhe permitiria conduzir veículo militar. Não adiantou.

O policial “infrator” foi mesmo punido com prisão, que deve durar 72 horas, e vai responder a processo. Se condenado, receberá sentença mais dura. Ele prestou depoimento na Corregedoria e foi levado ao quartel para ficar preso.

A Associação de Cabos e Soldados critica o desfecho do caso. Colegas de farda de Sales disseram que, enquanto militares são assassinados, e a população cobra a prisão de bandidos, “a polícia prende a polícia”.


Fonte:direitodospoliciaismilitares.blogspot.com

25.3.11

MUDANÇA NO TRANSITO DE BOA VIAGEM

Uma boa notícia para os moradores do bairro de Boa Viagem, Zona Sul do Recife, que sofrem com o tráfego intenso todos os dias, principamente nos horários de Rush. Um projeto de mobilidade urbana da Companhia de Trânsito e Transporte Urbano (CTTU), que está sendo finalizado pela Diretoria de Projetos do órgão municipal, vai criar duas rotas paralelas de circulação às avenidas Conselheiro Aguiar e Domingos Ferreira, dois dos principais corredores viários do Recife. A ideia é ampliar as opções de trânsito do bairro, que, nesses pontos, também ganhará novo esquema de sinalização e apoio de agentes de trânsito para orientar o fluxo de veículos. Nessas duas avenidas, segundo estatísticas da CTTU, passam, por dia, cerca de 70 mil automóveis nas dez faixas de rolamento.

A primeira rota de circulação vai começar no Polo Pina, passando pelas ruas Capitão Rebelinho e Amazonas, usando uma das faixas do 2º Jardim para dar acesso à Rua dos Navegantes. O projeto também prevê areconstrução do asfalto dessas ruas e proibição do estacionamento em um dos lados das vias, o que ainda está sendo definido pelos técnicos da CTTU. A outra rota será a Rua Francisco da Cunha, mão única em dois trechos, com fluxo duplo em outro, que será transformada em sentido único, ainda não definido. A via, que tem veículos estacionados nos dois lados, dificultando o trânsito, seguirá o modelo do outro acesso com relação ao estacionamento nas margens. Através da assessoria de imprensa, a companhia disse que outros detalhes do projeto estão sendo concluídos.

As duas medidas já são comemoradas por moradores da Rua Francisco da Cunha. ´Às vezes, demoro até 40 minutos para percorrer a distância de dois quarteirões. À noite, é uma complicação porque tem carros parados nos dois lados. É difícil buscar o meu filho no colégio. Essa mudança vai ser muita boa`, explicou a comerciante Aline Rodrigues Torres, 32 anos. Ela, que mora na esquina da Francisco da Cunha com a Rua das Acácias, recorre a outras ruas para chegar em casa e fugir dos caminhões, comuns no local. 


Fonte:www.diariodepernambuco.com.br

CASAL DE PMs MORTOS DENTRO DE LAVA-RÁPIDO

O sargento reformado da Polícia Militar Arginoel José da Silva Júnior, de 35 anos, e a soldado Sara Reis dos Santos, de 32, ex-mulher dele, foram assassinados, na noite desta quarta-feira (23) dentro de um lava rápido no bairro de Canabrava, nas proximidades do Estádio Barradão, em Salvador (BA), após uma perseguição. O filho do casal, de 9 anos, que estava no carro com os pais, não ficou ferido.

De acordo com a Delegacia de Homicídios, que investiga o caso, o carro no qual estava o casal foi perseguido por dois outros veículos, onde havia homens armados. Tentando conseguir ajuda, Sara, que dirigia o veículo, entrou no lava rápido, mas antes de ela sair do carro, foi atingida, junto com o ex-marido, por diversos tiros. Apenas no local do crime foram encontradas 37 cápsulas deflagradas, de armas como pistola ponto 40 e fuzil.

Silva Júnior morreu no local. Sara ainda chegou a ser levada ao Hospital São Rafael, localizado nas proximidades, mas não resistiu aos ferimentos. Não foram roubados objetos dos policiais e nenhum suspeito foi identificado até o momento.

Segundo o delegado Marcelo Tannus, a polícia trabalha com a hipótese de acerto de contas, pela forma como o casal foi executado. De acordo com nota distribuída pelo comando da Polícia Militar, o sargento havia sido reformado em janeiro de 2008, pela Junta Médica da PM, por "problemas psiquiátricos". Ele respondia, na Justiça, por tráfico de drogas e homicídio. Sara e Silva Júnior foram sepultados na tarde desta quinta-feira (24), em Salvador.
FONTE:ne10.uol.com.br 

24.3.11

EXPLOSÕES EM PRÉDIO DOS CORREIOS NO RECIFE

O esquadrão anti-bombas e a perícia criminal da Polícia Federal (PF) não acreditam que as explosões registradas esta manhã na Central de Distribuição dos Correios, na avenida Abdias de Carvalho, no Bongi tenham sido causadas por uma bomba. Até o momento, a hipótese mais provável é que as quatro caixas que entraram em combustão estivessem transportando produtos cosméticos que possuem elementos inflamáveis como por exemplo materias à base de petróleo e explodido após a soma de fatores como atrito, impacto e alta temperatura.
A perícia preliminar apontou que as caixas de cerca de 90 cm 2 continham livros e pequenas latas cujo o conteúdo ainda é ignorado. Peritos especialistas em explosivos vão identificar que tipo de material causou a combustão.
Testemunhas disseram que o acidente aconteceu por volta das 7h40 da manhã de hoje, no galpão do despacho de correspondências. As caixas haviam sido jogadas por um funcionário em uma máquina chamada de unistisador, responsável por separar os destinatários, quando foram ouvidas quatro explosões.
Funcionários controlaram o incêndio de pequena proporção com os extintores do local. O incidente provocou um princípio de tumulto e muita fumaça foi vista no galpão. Ninguém ficou ferido.
Ainda não se sabe para onde a encomenda seguiria nem os nomes do destinatário ou do remetente. A Polícia Federal vai fazer a identificação por eliminação, de acordo com registro de entrada nas agências dos Correios e até amanhã deve divulgar o resultado da investigação. Além da correspondência que causou a combustão, de oito a 10 outras caixas foram queimadas.
Com informações do repórter Ed Wanderley

BOMBEIROS DE CARUARU MINISTRAM AULA DE PREVENÇÃO A INCÊNDIO

Uma das surpresas mais desagradáveis é se deparar com um incêndio. Segundo os bombeiros, se o fogo estiver começando e se houver extintor por perto, qualquer pessoa pode fazer o primeiro combate, desde que não haja nenhum risco. Mas o Corpo de Bombeiros tem que ser chamado, independentemente da situação. O alerta é porque a área pode ser energizada e o risco então aumenta. Como um leigo não é capaz de fazer esse tipo de avaliação, é importante chamar logo os profissionais.
Fotografia meramente ilustrativa
Para usar o extintor, deve-se retirar o pino, direcionar a mangueira para o foco do incêndio e acionar a alavanca. Depois do uso, deve-se travar o extintor novamente com o pino. Segundo o chefe de Projetos Contra Incêndio, major Ivaldo Ramos Júnior, existem tipos diferentes de extintor, para tipos diferentes de incêndio.
Um dos tipos, para a chamada classe C, utiliza o CO2, para material energizado. Ou seja: para o caso de o fogo estar em fios, tomadas ou em materiais elétricos, que estejam com energia. Outro tipo é para a classe B e utiliza o pó químico seco, no caso do fogo estar em líquidos inflamáveis, como querosene, ou gás.
Outra dica é que deve-se combater o fogo a partir da base, para que ele seja extinto logo. "O extintor deve ser recarregado uma vez por ano, porque dentro dele a pressão diminui com o tempo", completa.

Uma das causas mais comuns de incêndio é o curto-circuito. O que provoca isso, segundo o major Ramos Júnior, é a sobrecarga. "Para evitar curto-circuito, cada tomada deve ser ligada a um interruptor apenas. O uso de "Ts", ou benjamins, deve ser evitado. Se o uso desse recurso for imprescindível, o ideal é que, logo após a necessidade, o "T" seja desligado. Ou sempre que for sair de casa", finaliza.

RICARDO GAMA: O GRITO DE CIDADANIA É SILENCIADO (TEMPORARIAMENTE)

O blogueiro Ricardo Gama foi baleado, na manhã desta quarta-feira(23), em Copacabana,Rio de janeiro. Policiais do 19º BPM (Copacabana) informaram que um grupo de bandidos que estavam em um carro prata atiraram contra Ricardo, que foi socorrido por pessoas que passavam no local. Segundo a assessoria de imprensa do Hospital Copa D'Or, para onde Ricado foi levado, o Blogueiro foi atingido por três tiros.
 

O atentado não foi só ao Ricardo Gama, mas a cidadania brasileira

                               O atentado sofrido pelo blogueiro carioca Ricardo Gama é um exemplo clássico de como a nossa democracia é uma falácia. Há meses o blogueiro vinha denunciando principalmente o governo do Rio de Janeiro, e num dos seus vídeos chegou a ser expulso por seguranças de Cabral. Noutras matérias fez acusações a Luiz Sveiter, e outras inúmeras denúncias contra a corja política fluminense e nacional.
                                Como fica a liberdade de expressão nesse país? Que instituições são essas, tendenciosas, corruptas e completamente comprometidas com o sistema?
                                Devemos orar e fazer uma grande corrente para que Ricardo Gama sobreviva e tenha o mínimo de sequelas, já que seu estado é grave. Dois tiros na cabeça e um no peito, sem levar sequer a carteira, é a prova de que quem atacou o blogueiro é  um "profissional" do crime, atirando certeiro, não apenas no homem, mas, no cidadão Ricardo e na cidadania brasileira. Se essa prática virar moda...
                        HOJE FOI COM RICARDO GAMA E AMANHÃ?

O BLOG DA SEGURANÇA DE PERNAMBUCO LAMENTA O OCORRIDO COM O COMPANHEIRO RICARDO E DESEJA UMA BOA E BREVE RECUPERAÇÃO, BEM COMO, A IDENTIFICAÇÃO E A PRISÃO DESSES SERES BESTIAIS QUE OUSARAM CALAR UM CIDADÃO QUE APENAS COBRA O QUE  É DE JUSTIÇA.

23.3.11

COM FIM DA GREVE DOS LEGISTAS, O IML VOLTA AOS POUCOS AO NORMAL

 Acaba a operação padrão


Os médicos legistas decidiram ontem à noite pôr fim à operação-padrão para liberação de corpos que completaria duas semanas nesta sexta-feira. A assembleia, que terminou por volta das 23h15, deliberou pela aceitação do reajuste proposto pelo governo, que varia entre 14,51% a 32,95%. A data-base é o mês de junho. Com essa decisão, os médicos cobram ampliação da estrutura no Serviço de Verificação de Óbitos (SVO), na Cidade Universitária, para ter condições de acelerar a liberação dos corpos. Ontem, já havia casos de decomposição, devido à demora e mau acondicionamento dos mesmos.

Outra decisão da assembleia é que o serviço de perícia traumatológica deverá ser normalizado hoje, na área que não havia sido interditada pelo Cremepe, na semana passada. ´Os legistas não aceitam serem transferidos para a estrutura da Secretaria de Saúde, para não haver perda salarial. Queremos permanecer vinculados à SDS até junho, quando planejamos definir um Plano de Cargos, Carreiras e Salários específico para a categoria`, disse o presidente da Associação Pernambucana de Medicina e Odontologia Legal (Apemol), Carlos Medeiros. Outro ponto inegociável é a manutenção da jornada de trabalho de 30 horas semanais e manutenção dos quinquênios. Nova assembleia foi marcada para a próxima segunda-feira, às 19h, na sede da Apemol, para avaliar a resposta do governo.

Ontem, o governo do estado havia anunciado ter chegado ao limite. O secretário da Casa Civil, Tadeu Alencar, prometeu convocar médicos legistas da Polícia Militar e do Exército para garantir a agilidade na liberação dos corpos. Os legistas alegavam ontem que a falta de local correto para guardar os corpos estava provocando decomposição. O governo tinha cogitado, inclusive, que se os médicos militares não conseguissem suprir a demanda, haveria a possibilidade de contratar profissionais de outros estados de forma temporária. 

´O governo não vai ficar de braços cruzados diante dessa situação. Vamos tomar as providências necessárias para garantir o atendimento da população a esse serviço que é essencial`, afirmou Tadeu Alencar antes da assembleia realizada ontem à noite, quando os legistas pernambucanos analisaram a proposta de reajuste salarial feita ainda na noite da última segunda-feira, durante reunião na Casa Civil. 

A orientação do Cremepe era de que cada um dos cinco legistas do plantão realizasse quatro exames, totalizando 20 corpos liberados por dia. Mas isso não aconteceu ontem. De acordo com informações da SDS, dos 43 cadáveres que deram entrada no SVO desde a última sexta-feira, 39 já haviam passado por necropsias. O Ministério Público de Pernambuco havia sinalizado ontem que iria autorizar a liberação de corpos em adiantado estado de decomposição sem a realização das necropsias. Para minimizar os prejuízos às investigações policiais, a Justiça poderia determinar a exumação. 

Os médicos defenderam ontem, durante audiência pública realizada na Assembleia Legislativa, que o órgão deve deixar de fazer parte da Polícia Civil para funcionar de forma mais independente. Diante do questionamento, uma comissão está sendo formada para que três deputados possam viajar ainda este mês aos estados do Ceará, Amapá e Pará. Nesses lugares, o IML funciona de forma autônoma. A ideia é trazer os exemplos de sucesso para Pernambuco e tranformá-los em lei. 

Hoje existem apenas 70 legistas trabalhando em Pernambuco. De acordo com a Associação dos Médicos Legistas de Pernambuco (Apemol), esse número deveria chegar a 300.
Fonte:www.diariodepernambuco.com.br

TODO ESSE REQUINTE É DO PARQUE DONA LINDU.



O PARQUE DONA LINDU FINALMENTE VAI SER ABERTO AO PÚBLICO E O MELHOR COM UM REQUINTE E INFRAESTRUTURA DE PRIMEIRO MUNDO.A INAUGURAÇÃO SERÁ DIA 26 A PARTIR DAS 19 HORAS E CONTARÁ COM UM SHOW DE LENINE QUE SERÁ ACOMPANHADO DA ORQUESTRA SINFÔNICA DO RECIFE, APENAS PARA CONVIDADOS.
CONFIRA IMAGENS DO ENSAIO JÁ NO TEATRO DO PARQUE DONA LINDU .


FONTE: www.ne10.uol.com.br

22.3.11

Pernambuco e Rio de Janeiro são exemplos a serem seguidos no combate a violência

O Ministério da Justiça vai estimular os governos estaduais a seguir os exemplos do Rio de Janeiro e de Pernambuco no combate à violência e à criminalidade. O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, afirmou hoje (22) que os “bons exemplos devem ser seguidos” e que o crime organizado só se consolida com a conivência do Estado. Para Cardozo, é fundamental haver uma ação integrada em todos os níveis de governos – federal, estadual e municipal – para que os efeitos ocorram.
“O crime organizado pressupõe a conivência com o Estado. A corrupção tem de ser combatida com todo vigor. Por isso temos discutido isso com vários governadores. É preciso que as polícias tenham órgãos de corregedoria fortes”, disse Cardoso, em entrevista a 11 rádios no programa Bom Dia, Ministro, produzido pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, em parceria com a EBC Serviços.
Cardozo citou como exemplos bem-sucedidos as políticas públicas das unidades de Polícia Pacificadora (UPPs), do Rio de Janeiro, e o programa Pacto pela Vida, em Pernambuco. No Rio, o governo estadual estabeleceu a ocupação das comunidades com a ajuda de policiais militares, enquanto em Pernambuco o combate à violência tem sido feito de forma regionalizada e com premiações aos policiais que cooperam com as ações.
“As boas experiências têm de ser colocadas em plano nacional”, disse Cardozo, depois do programa Bom Dia, Ministro. “Esses exemplos têm de ser seguidos e pretendemos apoiar os estados que pretenderem apoiar seja com mecanismos ou ações integradas.”
O ministro ressaltou que, para garantir a eficiência de resultados, é essencial a integração dos serviços de inteligência, das polícias estaduais, da Polícia Federal e das secretarias de Segurança Pública.

Os militares prometem greve caso o governo não entre em negociação com a categoria até 31 de março

Polícia Militar e Corpo de Bombeiro se mobilizam por melhoria salarial

Os militares prometem greve caso o governo não entre em negociação com a categoria até 31 de março. O movimento já se espalhou em todo o estado e é liderado pelo deputado estadual do PSDB, Major Rocha. Segundo o parlamentar, a categoria luta por um piso de R$3.500,00 reais, Rocha reclama do salário que é pago pelo governo aos militares, segundo ele, se o governo decidisse retirar as gratificações salariais, hoje um soldado da PM ou do Corpo e Bombeiro no Acre receberia um salário mínimo.
A comissão que lidera o movimento exige que o governo tenha mais respeito com a categoria, valorizando os militares não só com gratificações mais com um piso salarial definido. Quando a questão e salário, a reclamação é geral dentro da corporação, para Rocha não basta só o governo investir em equipamentos e esquecer-se dos homens e mulheres que combatem o crime, porque assim a violência não vai diminuir.
A luta dos PMS e Bombeiros no Acre e pelo piso nacional, que já esta sendo pago em vários estados brasileiros. O salário inicial de R$3.500,00reais e equivalente ao que esta sendo exigido na PEC300, que ainda não foi à votação.
O deputado disse que o governo tem maltratado a Polícia Militar, vários policiais já foram presos no estado por liderarem movimentos exigindo melhores condições de trabalho e salário.
O representante do Corpo de Bombeiros, Abrão Pupio, disse que as reivindicações dos Bombeiros são as mesmas da Polícia Militar, "não estamos pedindo algo do governo que ele não possa cumprir, o Governo tem condições de melhorar o salário dos militares estaduais, hoje nas duas corporações existe uma defasagem salarial de mais de 60%, caso o governo não dê um sinal positivo vamos fazer uma grande mobilização em todo o estado, ``afirmou.

MINISTROS DE ESTADO SENDO REVISTADOS POR SEGURANÇAS DE OBAMA: A HUMILHAÇÃO FOI DE TODA UMA NAÇÃO

Ministro meu não vai tirar sapato para revista”, gabou-se durante oito anos o ex-presidente Lula, tentando transformar em agressão à honra nacional um episódio sem maior relevância protagonizado em 2002 por Celso Lafer, então ministro das Relações Exteriores. Mas pode ser humilhado com sapatos, soube o país em julho do ano passado, quando o chanceler Celso Amorim foi impedido pelo governo israelense de entrar na Faixa de Gaza e sumariamente despachado de volta para casa.
Desmoralizada por Amorim, a bravata do palanqueiro acaba de ser pulverizada pela rigorosa revista a que foram submetidos por policiais americanos ─ em território brasileiro ─ quatro ministros de Estado. Edison Lobão e Guido Mantega foram ministros de Lula e continuam titulares no time de Dilma Rousseff. Aloízio Mercadante ganhou o emprego por ter perdido a eleição de que participou por ordem de Lula e Dilma. Fernando Pimentel é um pupilo de Dilma que Lula topou engolir.
Ao chegarem para o encontro da Cúpula Empresarial Brasil-Estados Unidos, foram todos apalpados com minúcia e vagar pelas mãos de agentes do esquema de segurança de Barack Obama. Os quatro deixaram o local do evento antes do discurso do presidente americano. “Eles não pensaram duas vezes para retirar-se”, equivocou-se o site doEstadão. Pensaram muito mais que duas vezes em pedir para sair.
Pensaram nisso a cada apalpadela mais forte, como atestaram a cara amuada de Mercadante, os muxoxos de Mantega e os rosnados em surdina de Edison Lobão. E voltaram a pensar quando descobriram que os organizadores do evento não haviam providenciado um sistema de tradução simultânea. Só então decidiram bater em retirada. Abandonaram o recinto não por sobra de altivez, mas por falta de fones de ouvido.
No momento da revista, os pais-da-pátria já tinham oferecido aos fotógrafos a expressão do aristocrata pilhado com as calças puídas nos fundilhos. Preferiram poupar-se de posar para a posteridade com o olhar idiotizado do monoglota que simula com movimentos de cabeça estar entendendo o que lhe parece tão inteligível quanto um poema em grego antigo. O quarteto caiu fora porque o vocabulário em inglês não vai muito além do debuquisondeteibol.
Edison Lobão diz que os organizadores da visita haviam prometido dispensar ministros de revistas e quer explicações do chanceler Antonio Patriota. O acerto certamente foi transmitido à turma da segurança, mas acabaram prevalecendo o instinto e a experiência de profissionais treinados para reconhecer de longe quem tem culpa no cartório. Diante da aproximação de um Edison Lobão, por exemplo, qualquer policial americano do primeiro time precisa de muito sangue-frio para não levar a mão ao coldre.
Lobão até que tem sorte. Se os agentes de Obama soubessem português e conhecessem o prontuário disfarçado de ministro, “Magro Velho” não escaparia de um “Teje preso!” com sotaque americano

ONDA GIGANTE NO JAPÃO ASSUSTA PESCADORES. VEJA O VÍDEO

ENTIDADES REPRESENTATIVAS DE POLICIAIS MILITARES DO NORDESTE SE UNEM CADA VEZ MAIS

Pernambuco mais uma vez faz história. Pela primeira vez, em todo o Brasil, líderes de entidades representativas de policiais e bombeiros militares de estados do Nordeste estiveram reunidos para unificar a luta em busca de melhorias para a tropa. A Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados (ACS – PE) foi anfitriã do encontro, realizado sábado (19/03), atendendo às solicitações da Diretoria Regional da Associação Nacional de Praças (ANASPRA).  O vice-presidente da ANASPRA, Pedro Queiroz, marcou presença.

Além de Pernambuco, estiveram presentes policiais e bombeiros militares do Rio Grande do Norte, Sergipe, Alagoas e Fortaleza. O diretor Regional – Nordeste da ANASPRA, Jeoás Santos, encaminhou os trabalhos, com o apoio do diretor Jurídico da ANASPRA e coordenador da ACS – PE, Renílson Bezerra. Em pauta: o calendário de lutas do Nordeste, intercâmbio de informações sobre as necessidades de cada estado (subsídio, Código de Ética, Estatuto e Legislação), ações em prol da PEC 300, preparação para o Encontro Nacional das Entidades Representativas no mês de abril.
A meta dos líderes das associações nordestinas é servir de exemplo para as demais entidades do Brasil e para as demais diretorias regionais da ANASPRA. A partir de agora serão realizados encontros periódicos para troca de informações sobre as ações de cada estado, de maneira que os co-irmãos possam ser solidários e, caso seja necessário, marquem presença nas mobilizações de maneira a fortalecer a luta. União é a palavra – chave.
Quanto a PEC 300, o grupo avaliou que a participação da ANAS PRA foi determinante, principalmente nas votações no Senado e no 1º turno na Câmara Federal. O Nordeste tem tido fundamental nessas ações pelo fato de ser a maior região com participação efetiva na Associação Nacional.  
Embora muitos sites e jornais insistam em dizer que esse caso se trata de uma grande confusão entre policiais, o que houve na realidade foi uma irresponsabilidade do ex-comissário em se evadir durante uma abordagem da policia militar de serviço.
Sem motivos aparente e negando que a funcionária teria visto sua arma particular, o policial cívil afirma que não teria como a camareira teria como ter visto a arma, mas afinal como ela "adivinhou então?
Bem, essa atitude injustificável, poderia ter custado caro, mas mesmo assim a destreza  do PM em fazer apenas disparos na intenção de que o condutor parasse o veículo, fez com que a ocorrência não tivesse um desfecho trágico. Veja o por exemplo o que diz o site da folha de Pernambuco.



ImprimirE-mail
Ex-comissário diz que foi vítima de tentativa de homicídio por PM
Confusão entre policiais aconteceu em motel de Olinda


O Grupo Tático para Assuntos Correicionais (Gtac) encaminhou a Corregedoria da Secretaria de Defesa Social de Pernambuco (SDS), nesta segunda-feira, um relatório sobre o possível mal entendido que envolveu um policial militar e o ex-comissário Uiraktan Barros, ontem, no Motel Cristal, em Olinda. Na confusão, o PM Marcelo Ponciano disparou quatro tiros no carro de Uiraktan. No entanto, a Corregedoria disse que irá se pronunciar sobre o caso ainda hoje, depois de receber o relatório.

Em entrevista a Folha, o ex-comissário reiterou o que disse seu advogado, de que a arma de Uiraktan estaria embaixo do banco e não teria como a atendente do motel ver o objeto. Foi a funcionária do estabelecimento quem avisou ao PM que o comissário havia entrado no Motel com uma arma, levando o soldado fazer a abordagem a Uiraktan
O ex-comissário também disse na entrevista que foi vítima de uma tentativa de homicídio.  Uiraktan informou que se retirou do carro com os braços para fora após o pedido de abordagem do PM. Já Marcelo diz que o ex-comissário teria se negado a sair do veículo, o que levou-o a fazer os disparos.
No motel onde aconteceram os disparos não há câmeras de segurança e os funcionários reiteraram a versão da PM. Na tarde de ontem, a delegada Gleide Ângelo ouviu os envolvidos, mas ninguém foi autuado em flagrante.

21.3.11

PROCURA-SE UMA DEPUTADA

FORAGIDA: Desaparecida, Jaqueline Roriz é notificada pelo Diário Oficial


A deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF) foi notificada nesta segunda (21) conforme publicação do Diário Oficial da União, para prestar esclarecimentos à corregedoria da Câmara sobre a acusação de recebimento de dinheiro de Durval Barbosa. A notificação foi publicada após três tentativas da Corregedoria da Casa de encontrar a deputada, que agora terá cinco dias para apresentar sua defesa. Segundo o site de Cláudio Humberto, o Supremo Tribunal Federal também analisa o caso.